Avalon

SOBRE AVALON

O nome Avalon tem origem no semi-deus celta Avalloc.
Avalon deve muito de seu mistério às lendas celtas que a consideram uma porta de passagem para outro nível de existência. Uma existência povoada de magia e amplitude espiritual.
kingAvalon era uma ilha lendária, encantada e sagrada, onde “Excalibur”, a espada do Rei Artur, tinha sido forjada e para onde o próprio rei tinha voltado vitorioso depois da sua última batalha para ser curado de um ferimento mortal. Há muitas eras, pertencia ao mundo, mas hoje, está entre a Terra e o Reino Encantado, cercado pelas brumas que encobrem a ilha e a separa do mundo dos homens.

Por volta de 1190 Avalon tornou-se associada a Glastonbury, em Somerset, na Inglaterra, quando monges da Abadia de Glastonbury alegaram ter descoberto os ossos de Artur e sua rainha.

O mosteiro de Glastonbury tem a tradição de ter sido fundado por José de Arimateia, que teria trazido o Santo Graal para as Ilhas Britânicas sendo por isso um lugar ligado à busca do Graal.

A cidade de Glastonbury é ainda associada a Avalon, através dos seus mitos e lendas locais, relacionando a colina da “Tor” (torre) como sendo a entrada do Annwn (Outro Mundo), a terra dos mortos na tradição galesa, o lar de Gwynn ap Nudd, o rei das fadas e guardião do submundo. Segundo a lenda, a entrada para Annwn, a morada subterrânea das fadas, pode ser encontrada através de túneis e câmaras naturais localizadas debaixo do “Tor”.

“Tor” é coroado pela torre em ruínas de uma igreja dedicada a São Miguel, um célebre caçador de dragões e inimigo dos espíritos do mal.

Ao descer a colina em espiral da Tor, em meio aos carvalhos, chega-se a “Chalice Well Gardens”, os Jardins do Cálice Sagrado, onde existe uma fonte de água avermelhada com propriedades curativas, reforçando o mito do Santo Graal e o poder mítico do renascimento dos Deuses, descrito no Livro de Taliesin, antiga coleção de poemas em galês.

Existia lá um poço denominado de “Chalice Well”, cuja tradução literal é “Poço do Cálice”, local onde José de Arimatéia teria escondido o Santo Graal.

O poço fica próximo às colinas da “Tor” e é um lugar muito apreciado para meditação. De uma fonte, sai uma água pura e cristalina com propriedades medicinais. Segundo a lenda, o sangue de Jesus contido no Graal ter-se-ia misturado às águas do poço, o que explica seu tom levemente avermelhado (segundo os cientistas, tal cor é devido à grande quantidade de ferro existente no solo).

A dois minutos a pé da entrada do Chalice Well, localiza-se a Fonte Branca, the White Spring. Um dos mistérios de Avalon é a existencia dessas duas fontes diferentes que brotam das cavernas sob o Tor a poucos metros uma da outra, ambas medicinais. A água da fonte branca é rica em cálcio e a vermelha em ferro. O contraste é total entre a Fonte Branca – uma caverna misteriosa, iluminada por velas – e o Chalice Well, jardim ensolarado onde predomina a Fonte Vermelha. Yin e yang, as energias complementares do universo.

avalon-1Na mitologia os poços são portais para o mundo dos espíritos, e o desenho da tampa do poço (Vesica Piscis) representa justamente a interseção entre os dois mundos, cortados ao meio por uma lança ou espada associada a Excalibur, a legendária espada do rei Arthur.
Avalon é o templo do mundo interior, a terra da magia e o saber ancestral, que oferece iniciação e esclarecimento a todos que ingressam nessa jornada. E, somente, aqueles que compreendem que a vida é infinita em suas possibilidades poderão abrir as portas deste mundo etéreo.

ENFIM, GLASTONBURY É UM BERÇO SAGRADO QUE ABRIGA MUITOS MISTÉRIOS...

Viagem às Brumas de Avalon

9 a 15 de Setembro de 2016

Reino Unido, Glastonbury

Com esta viagem e retiro espiritual, incentivamos e inspiramos a transformação pessoal num sentido de crescimento. Vamos despertar a vossa alma para reencontrarem a sua verdadeira essência, experienciando e explorando alguns dos mais poderosos locais sagrados na terra:

  • Glastonbury (a ilha de Avalon),
  • Avebury,
  • Stonehenge e
  • Bath

Juntem-se a nós numa viagem espiritual que nos liga às energias milenares de um dos lugares mais sagrados e místicos de todo o mundo.

Irão trabalhar connosco três terapeutas ingleses, com anos de experiência em terapias energéticas e um conhecimento local único, que nos acompanharão durante cinco dias.

Vamos ter, nos locais sagrados, workshops e exercícios de desenvolvimento, bem como sessões individuais de terapia. Quem não domina o Inglês, não se preocupe porque teremos tradução simultânea para português.

Nós tratamos de todos os detalhes para que deixem as preocupações em casa e façam uma viagem confortável e apenas se inspirem na vossa transformação.

Logo Go Spiritual

Inclui:

  • Alojamento de 9 a 15 Setembro
  • Transfer de e para o aeroporto, bem como deslocações do grupo
  • Pequeno almoço, almoço e jantar de 10 a 14 Set, jantar do dia 9 e pequeno almoço do dia 15 Set
  • Todas as actividades com os terapeutas durante o retiro incluindo sessões de terapia privada individual
  • Entrada em Stonehenge, Jardins do Cálice Sagrado, Fonte Branca
  • Sauna Sagrada

Não Inclui:

  • Passagem aérea para Inglaterra e de regresso a Portugal (ronda os 180 € ida e volta na Easyjet)
  • Refeições fora das mencionadas
  • Entrada nas termas de Bach
  • Despesas de natureza pessoal

Notas:

Este retiro tem limitação do número de inscrições para um máximo de 12 participantes

A organização não se responsabiliza por:

  1. problemas de ordem alfandegária, passaporte ou transporte de produtos ilegais;
  2. alterações de horário ou cancelamentos de entradas nos edifícios ou de voos
  3. eventuais maus serviços prestados por terceiros, transporte ou alojamento;
  4. condições meteorológicas que inviabilizem os percursos;
  5. aplicações de taxas por terceiros em caso de desistência do participante.

Nota: Em caso de cancelamento por parte do participante apenas será devolvido 25% do valor pago, até ao momento. Aplicável até 31 Julho, após o que não haverá devolução do montante investido.

Terapeutas que irão integrar a equipa

Com tradução em simultâneo para português.

Evelyn Brodie

Terapeuta


Sarah Fox

Terapeuta


George Christie

Terapeuta


PROGRAMA DO RETIRO E VIAGEM A AVALON

Chegada ao local do retiro após transfer do aeroporto de Bristol

Abertura do círculo

Meditação
Exercícios Quem sou Eu e Recuperação de Alma
Terapias individuais privadas
Bandas de proteção

Stonehenge, Avebury e Bath

Meditação em Stonehenge – dentro do círculo, fora do horário de abertura ao público.

Stonehenge é um Templo do Misticismo e o mais impressionante monumento megalítico do mundo.

Muitos são os mistérios que envolvem sua construção e sua função. Acredita-se que o local era usado para estudos astronômicos, mágicos ou religiosos e as diversas lendas acerca da sua construção remetem sempre a algum povo que já ocupou aquela área, como os Romanos ou os Druidas.

Seguida para Avebury para onde convergem as linhas energéticas do Arcanjo Miguel e Mãe Maria, também conhecida como o Caminho do Dragão. Em vista aérea, Avebury parece ser um círculo, dentro do qual existem os restos do que foram dois ou três pequenos círculos.

Há uma teoria sustentada pelos historiadores do século XVIII que Avebury e Stonehenge foram construídos como templos para adoração druida.

Após o almoço seguida para Bath cidade muito conhecida pelos seus banhos termais que provém de três nascentes (ou captações de água) que se diz terem propriedades milagrosas (curativas) e onde o Império Romano construiu umas termas.

Regresso ao alojamento

Meditação
Exercício de limpeza energética
Trabalho com os arquétipos da serpente, Jaguar, beija flor e águia
Terapias individuais privadas
Trabalho com os nossos ancestrais
Cantar o nosso nome divino no círculo

Glastonbury (ilha de Avalon)

Subida à torre “The Tor”
Visita aos Jardins do Cálice Sagrado
Visita à Fonte Branca (que representa o sagrado masculino)
Círculo privado só para o grupo
Possibilidade de se tomar um banho nas suas águas curativas.
Se houver tempo livre, visita ao templo da Deusa, Árvore de José, Abadia de Glastonbury e Labirinto.

Avalon deve muito de seu mistério às lendas celtas que a consideram uma porta de passagem para outro nível de existência. Uma existência povoada de magia e amplitude espiritual. Está ligada às lendas do Rei Artur, que se julga sepultado em Glastonbury, ligada à lenda de José de Arimateia que alegadamente terá trazido o cálice da última ceia de Jesus para ali estando enterrado em algum lugar debaixo da colina “The Tor” na referida cidade.

Iremos começar o nosso dia com a subida à torre e experienciar a magnífica energia deste local que simbolicamente une o sagrado feminino (colina) e o sagrado masculino (torre).

Ao descer a colina iremos visitar os Jardins do Cálice Sagrado, onde existe uma fonte de água avermelhada com propriedades curativas, reforçando o mito do Santo Graal e o poder mítico do renascimento dos Deuses. Segundo a lenda, o sangue de Jesus contido no Graal ter-se-ia misturado às águas do poço, o que explica seu tom levemente avermelhado (segundo os cientistas, tal cor é devido à grande quantidade de ferro existente no solo). Além de um ritual de cura com as águas da fonte vermelha (que representa o sagrado feminino) iremos ter oportunidade de beber essa mesma água.

Seguidamente passamos para a Fonte Branca (que representa o sagrado masculino) onde teremos a oportunidade de ter um círculo privado só para o grupo e onde há a possibilidade de se tomar um banho nas suas águas curativas.

Se houver tempo livre visita ao templo da Deusa, Árvore de José, Abadia de Glastonbury e Labirinto.

Meditação
Exercício de limpeza energética
Construção de Altar
Constelações com os nossos ancestrais
Terapias individuais privadas
Sauna Sagrada

Partida para o aeroporto de Bristol

Inscrições para Retiro e Viagem a Avalon